PROGRAMA DE MELHORAMENTO GENÉTICO DA CANA-DE-AÇÚCAR - UFSCAR

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black LinkedIn Icon

REDE INTERUNIVERSITÁRIA PARA O DESENVOLVIMENTO DO SETOR SUCROENERGÉTICO - RIDESA

Todos os direitos reservados

ROGUING

Curso de Roguing

Instrutor:
Luiz Plínio Zavaglia
Técnico em Agropecuária

OBJETIVO

A produção de mudas de qualidade assume grande importância em cana-de-açúcar, principalmente por ser esta uma cultura semi-perene e, a partir do plantio, originar ciclos sucessivos de produção, por pelo menos 5 anos. Portanto, o conhecimento das técnicas de tratamento térmico (para eliminar as bactérias do raquitismo-da-soqueira, principalmente) e demais controles fitossanitários para produzir mudas sadias são fatores que auxiliam a qualidade final da muda.

A operação de “roguing” para evitar disseminação das doenças, diminuir o inóculo de patógenos nas mudas e evitar misturas de variedades, é uma sistemática importante e que exige conhecimento e treinamento específicos, permitindo a manutenção de alto nível de sanidade nos viveiros e condições básicas para que as mudas tenham a qualidade desejada.

O tratamento térmico não controla eficientemente todas as doenças da cana-de-açúcar, nem mesmo evita que elas sejam adquiridas novamente, através de inóculos introduzidos pelo próprio homem ou outros meios de contaminação. Portanto, a vigilância constante nos viveiros é necessária para evitar que essas doenças possam comprometer a produção de mudas.

Para garantir qualidade ao processo de produção de mudas a UFSCar oferece o “Curso de Treinamento de Roguistas”, para habilitar ou aperfeiçoar indivíduos para o trabalho ou coordenação e execução da atividade de roguing, fornecendo informações técnicas e treinamento prático para reconhecimento e soluções dos problemas fitossanitários da cana-de-açúcar.

PRINCIPAIS DOENÇAS DA CANA-DE-AÇÚCAR

Falsa estria vermelha
Agente Causal: Xanthomonas sp.
Ferrugem marrom
Agente Causal: Fungo Puccinia melanocephala
Pokkah boeng
Agente Causal: Fungo Gibberella moniliformis (Sheldon) Wineland
Nematóides
Agente Causal: Meloidogyne spp., Pratylenchus spp., Trichodorus spp., Helicotylenchus spp., Xiphinema spp., e outros.
Mosaico
Agente Causal: SCMV - Sugarcane Mosaic Virus (Vírus do Mosaico da Cana-de-açúcar)
Carvão
Agente Causal: Fungo Ustilago scitaminea Syd.
Escaldadura
Agente Causal: Bactéria Xanthomonas albilineans (Ashby) Dowson
Ferrugem alaranjada
Agente Causal: Fungo Puccinia Khuehnii
Estria Vermelha
Agente Causal: Acidovorax avenae subsp. avenae
Mostrar Mais