PROGRAMA DE MELHORAMENTO GENÉTICO DA CANA-DE-AÇÚCAR - UFSCAR

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black LinkedIn Icon

REDE INTERUNIVERSITÁRIA PARA O DESENVOLVIMENTO DO SETOR SUCROENERGÉTICO - RIDESA

Todos os direitos reservados

ANÁLISE DE NEMATÓIDES

Análise de Infestação por Nematóides em Solo e Raiz

Análises de solo e raízes, tubérculos, folhas e sementes

O processamento de amostras de solo é feito pelo método de flutuação centrífuga em solução de sacarose (Jenkins, 1964), e o de amostras de raízes, pelo método de Coolen & D’Herde (1972).

 

Procedimento para a coleta das amostras

- Época de coleta
As amostras devem ser coletadas de preferência no ciclo anterior a um novo plantio e nas épocas onde o nível de umidade esteja adequado para o desenvolvimento das plantas, ou seja, quando o solo não esteja encharcado e nem demasiadamente seco.

- Como proceder a coleta e acondicionamento de amostras
A coleta de amostras para análises nematológicas requer procedimento específico para que seja feita uma correta avaliação da população existente no campo ou viveiro. Cavar o solo ao redor de cada planta a ser amostrada a uma profundidade de 0 a 30 cm, coletar o solo e as raízes finas (radicelas) tendo cuidado para não quebrar. Uniformizar bem o solo obtido nos pontos de amostragem e retirar cerca de 500g. Da mesma forma, uniformizar as raízes e retirar cerca de 100 gramas. Raízes e solo devem ser acondicionados juntos ou separadamente em sacos plásticos os quais devem ser fechados, identificados e mantidos em local fresco até o envio para o laboratório.

Para plantas anuais ou semiperenes

Para plantas perenes

Para plantas em viveiros

Coletar 10 sub-amostras por hectare para formar uma amostra composta por hectare.

Coletar 10 sub-amostras por hectare, para formar uma amostra composta, na projeção da copa, contemplando os quadrantes Norte, Sul, Leste, Oeste nos diferentes pontos de amostragem.

Coletar 10 sub-amostras por cada lote de 1000 mudas, retirando parte do solo e das radicelas.

Como enviar as amostras para análise

As amostras devem ser conservadas em local fresco e enviadas ao laboratório dentro de um período máximo de cinco dias.

Endereço para envio das amostras:

Universidade Federal de São Carlos
Centro de Ciências Agrárias
Departamento de Biotecnologia e Produção Vegetal e Animal - DBPVA

Laboratório de Análise Nematológica
Rodovia Anhanguera, KM 174, CP 153
CEP 13600-970 Araras, SP

Equipe

Responsável: Prof. Dr. Evandro Henrique Schinor
Equipe técnica: Regina Célia Devitte Rodrigues e Regina H. C. Assumpção