Adaptabilidade e estabilidade de clones de cana‑de‑açúcar


O objetivo deste trabalho foi identificar clones de cana-de-açúcar produtivos, com boa estabilidade e adaptabilidade no estado de São Paulo e, também, identificar locais mais representativos para seleção e experimentação. Foram avaliados dez clones e duas testemunhas comerciais de maturação média-tardia em primeira soca de experimentos colhidos em agosto de 2009, utilizando o método de regressão bissegmentada e análise AMMI (Additive Main Effects and Multiplicative Interaction Analysis). Os resultados dos dois métodos foram comparados e evidenciaram que os clones RB975201, RB975157, RB975932, RB975242 e RB975162 foram os mais promissores devido à produtividade superior à das testemunhas, a alta estabilidade verificada em um ou nos dois métodos e a adaptabilidade ampla ou específica. O ambiente Tarumã apresentou maior estabilidade e capacidade de discriminação entre os genótipos, o que permite um ordenamento mais confiável em relação à média geral dos ambientes testados.

Destaques
Artigos recentes
Últimos meses
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • LinkedIn Social Icon

PROGRAMA DE MELHORAMENTO GENÉTICO DA CANA-DE-AÇÚCAR - UFSCAR

  • YouTube
  • Instagram
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black LinkedIn Icon

REDE INTERUNIVERSITÁRIA PARA O DESENVOLVIMENTO DO SETOR SUCROENERGÉTICO - RIDESA

Todos os direitos reservados